Noticias

Acordo total entre Maxi Pereira e o FC Porto

Lateral já disse sim à proposta do FC Porto e só falta mesmo assinar. Regressa ao trabalho depois do estágio portista no Algarve.

Maxi Pereira já deixara pistas positivas no final do Uruguai-Portugal, no Mundial da Rússia, e agora chegou-nos a confirmação definitiva pelo grupo de empresários que o representa. Há acordo total com o FC Porto e o uruguaio vai mesmo renovar contrato, ficando agora ligado aos dragões por um ano com mais um de opção. Quer isso dizer que Sérgio Conceição pode descansar. Foram embora Ricardo Pereira (Leicester) e Diogo Dalot (Manchester United), mas nem tudo se perde e o uruguaio pode bem assegurar a transição, preparar o caminho aos mais jovens e garantir que a defesa conserva três dos mais utilizados do ano passado. Para Maxi nunca foi uma questão de dinheiro, como o próprio afirmou. Ou melhor, também o foi, porque o salário do lateral vai descer bastante. Mas, a esse nível, o acordo já era anterior. O antigo jogador do Benfica passou mais tempo a meditar sobre o que realmente queria para si e para a sua família. Por um lado, Portugal é o país que o adotou há 11 anos. Maxi está também muito feliz na Invicta e no FC Porto. Por outro, o Peñarol foi insistindo para que regressasse ao Uruguai e o lateral sabe que, mais cedo ou mas tarde, é no país em que nasceu que pretende terminar a carreira. A oferta do maior clube do país tornou-se, portanto, bastante atrativa.

Tudo pesado, a escolha acabou por ir ao encontro da renovação de contrato. Só falta mesmo a assinatura e isso acontecerá logo após o estágio portista no Algarve. Maxi regressou domingo de madrugada ao seu país depois do Mundial e começa a gozar um período de férias não inferior a duas semanas. Vai, por isso, chegar ao Porto poucos dias antes da apresentação aos sócios contra o Newcastle. E nessa altura assina por um ano com opção para mais uma temporada. Essa opção poderá ser acionada automaticamente mediante o cumprimento de alguns objetivos. El Mono pode vir a ser dragão até aos 36 anos…

Fonte: OJogo.pt

Adiciona um comentário