Adepto do Famalicão que agrediu criança portista impedido de ir a recintos desportivos

O adepto em causa já terá sido notificado destas consequências imediatas, com efeitos a partir da participação da PSP, que estava presente no estádio famalicense.

A Autoridade para a Prevenção e Combate à Violência no Desporto (APCVD) aplicou uma medida cautelar que interdita, preventivamente, a presença em recintos desportivos do adepto do Famalicão que, conforme auto da Polícia, agrediu uma criança de 13 anos, em plena bancada, durante a partida entre os locais e o FC Porto, no passado dia 15 de agosto.

Esta interdição durará, no mínimo, apurou O JOGO, até ao final do processo de contraordenação. O adepto em causa já terá sido notificado destas consequências imediatas, com efeitos a partir da participação da PSP, que estava presente no estádio famalicense.

Realce para a atuação célere da APCVD, que decidiu aplicar a sanção em apenas 10 dias. Esta Autoridade tem funcionado como garante da execução da legislação específica de combate à violência nos recintos desportivos.

Fonte: Ojogo.pt

Leave a Comment