Vermelhices

Benfica investigado por suspeitas de pagar ao Desportivo das Aves para vencer o FC Porto

O Benfica está na mira da Polícia Judiciária e do Ministério Público por, alegadamente, ter prometido pagar 10 mil euros a cada jogador do Desportivo das Aves. O objetivo era a equipa vencer ao FC Porto, num jogo da última jornada, em que os dragões acabaram por vencer por 2-0.
Segundo o Jornal de Notícias, dirigentes, jogadores e as instalações do Benfica em Santo Tirso foram alvo de buscas no âmbito da operação “Mala Ciao”, que também envolve o Vitória de Setúbal e o Paços de Ferreira.

O inquérito está nas mãos da Polícia Judiciária do Porto, que desencadeou as diligências com base numa denúncia anónima. Em causa estão crimes de corrupção ativa e passiva, tráfico de influências e oferta indevida de vantagens.

Lembre-se que a prática de pagar a adversários para vencerem a outros – o chamado “jogo da mala” – começou a ser crime em maio do ano passado, com a criação do ilícito de “oferta ou recebimento indevido de vantagem”.

A lei prevê uma pena de prisão que pode ir até aos cinco anos de prisão para quem “solicite ou aceite” uma “vantagem patrimonial” para vencer o jogo. Quem oferece a vantagem

Adiciona um comentário