Noticias

Black Friday no clube de carnide

Redução em marcha. O plantel comandado por Rui Vitória vai emagrecer em janeiro, na reabertura do mercado. Essa é uma das consequências imediatas do afastamento da equipa das competições europeias, face a novo desaire na Liga dos Campeões, desta vez em casa do CSKA em Moscovo, onde a equipa de Rui Vitória registou a quinta derrota em cinco jogos na fase de grupos. Jogadores que têm recebido poucos minutos, casos de Gabriel Barbosa, Lisandro López, Kalaica ou Martin Chrien deverão encontrar novo rumo para a carreira a partir de janeiro.

A situação mais mediática é a de Gabriel Barbosa, brasileiro de 21 anos, cedido pelo Inter, que ainda ontem viu o nome novamente associado a um regresso ao Brasil a partir do primeiro mês de 2018, rejeitando outras paragens como a China. Gabigol tem um golo apontado ao serviço do emblema das águias, na Taça de Portugal, contra o Olhanense, jogo em que esteve em bom plano. Mas, curiosamente, a partir daí… nunca mais teve minutos. O brasileiro chegou à Luz com o objetivo de relançar a carreira, mas as coisas não lhe estão a correr como pretendia e a saída antecipada é cenário praticamente inevitável.

Nas últimas semanas, o nome de Douglas, lateral direito brasileiro de 27 anos, também cedido mas pelo Barcelona, tem sido igualmente colocado como estando de regresso a Espanha, mas neste caso o cenário poderá ser diferente, uma vez que os espanhóis não têm planos para o regresso do jogador antes do final da temporada.

De saída, descontente com a falta de minutos, está Lisandro López, central argentino de 28 anos, que voltou a ser preterido a favor de Jardel nos últimos dois jogos na ausência de Rúben Dias. O argentino quer voltar a jogar com regularidade mas na Luz tem sido relegado para quarta opção.

Fora das contas de Rui Vitória estão também nomes como Kalaica, central de 19 anos, ou Martin Chrien, médio de 22 anos, que poderão ser emprestados a equipas da Liga para poderem evoluir.

Por definir está a situação de Rafa, em cujas potencialidades Rui Vitória continua a acreditar.

Fonte: abola.pt


Adiciona um comentário