Declarações Noticias

Caso dos emails: Dirigentes do Benfica e árbitros chamados à Liga


São mais de 20 os agentes desportivos que vão ser ouvidos pela Comissão de Instrutores da Liga devido ao chamado “caso dos emails”, denunciado pelo FC Porto e que defende que o Benfica dirige um “alegado esquema de corrupção” para conseguir que os árbitros beneficiem o clube.

De acordo com o Record, o órgão liderado por Cáudia Viana já começou a notificar todos os árbitros cujos nomes terão surgido nas referidas trocas de correio electrónico: Jorge Ferreira, Nuno Almeida, Manuel Mota, Vasco Santos, Rui Silva, Hugo Pacheco, Bruno Esteves e Paulo Baptista.

Mas da lista de pessoas a serem ouvidas, avança a mesma fonte, fazem parte dirigentes do Benfica e elementos da estrutura “encarnada”, como o presidente, Luís Filipe Vieira, o assessor jurídico Paulo Gonçalves e o antigo director de conteúdos da BTV, Pedro Guerra. O ex- delegado da Liga, Nuno Cabral, e o antigo juiz de Braga, Adão Mendes, também serão chamados pela CI.

O director de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, acusou o Benfica de influenciar o sector da arbitragem e apresentou alegadas mensagens de correio electrónico de responsáveis “encarnados”, nomeadamente de Paulo Gonçalves e Luís Filipe Vieira.

A Polícia Judiciária já realizou várias diligências no âmbito da sua investigação ao caso dos emails, cujas primeiras mensagens foram reveladas em Junho de 2017. Na sequência de buscas às instalações do Benfica, em Outubro último, Paulo Gonçalves foi constituído arguido, por ter estatuto de advogado.

Fonte: Sabado

Adiciona um comentário