Crónicas

Comentário de Benfiquista com dor de Corno à saída de Maxi Pereira


Agora que finalmente é oficial posso dizer que o que me vai na alma sobre este assunto: Maxi Pereira és um filho da puta. Assim, com todas as letras. Espero que tudo te corra mal. Tudo. A ti e à tua “adorada” família. Não te perdoo, és miserável, não vales um caralho. Sim, com todas as letras. Sei que o teu empresário é outro filho da puta mas tu já és crescidinho. Cabrão de merda!!!

Não consigo relevar esta traição. Maxi Pereira esteve 8 anos ao serviço do SL Benfica onde foi, apenas e só, adorado como vi poucos jogadores a ser. Se havia jogador unânime junto dos benfiquistas era Maxi Pereira, pela sua raça e empenho durante o tempo que estava no relvado, pelas declarações que tinha sobre o clube e pela enorme empatia que existia com os adeptos. Por tudo isto o SLB sempre lhe compensou com um belo contrato ao longo destes oito anos. Deu-lhe a braçadeira de capitão sendo o número dois da hierarquia atrás de Luisão. Era dos poucos jogadores a quem os benfiquistas viam um futuro ligado ao clube quando acabasse a carreira como jogador profissional. Tinha tudo para entrar para o grupo restrito de jogadores míticos do Sport Lisboa e Benfica.

Abdicou disso a troco de dinheiro. Abdicou disso, de ser essa referência no SL Benfica, para ir para um clube corrupto, sujo, nojento. Um clube que “ontem” o apedrejou e por pouco não feriu seriamente um colega seu. Um clube que “ontem” lhe cuspiu e agrediu. É para lá que ele vai a troco de dinheiro. E não me fodam com o discurso do “são profissionais” ou “se te oferecerem mais também mudas de empresa” que são argumentos de merda. Ao longo destes oito anos de SLB, Maxi Pereira terá ganho uma média de 100 mil euros mensais mais prémios de jogo e de conquistas. Aos 31 anos o SL Benfica propôs um contrato de 1.5 milhões de euros líquidos durante três anos, o máximo que o clube paga aos seus jogadores. Maxi recusa para aceitar uma proposta financeiramente melhor sem dúvida mas, repito, não me fodam. Não estamos a falar de alguém que ganhava tostões para ir ganhar milhões. A família tão necessitada tinha dinheiro suficiente para viver bem o resto dos seus dias. Há valores que o dinheiro não compra. Maxi abdicou deles. Viverá, concerteza, bem com isso mas não me peçam para compreender ou respeitar a decisão. Não o faço nem nunca o farei.

Desportivamente será uma perda muito grande. O que Maxi Pereira dava ao SL Benfica não se compra no mercado. A experiência, empenho e empatia conquistada ao longo de oito temporadas não se arranja com dinheiro e, nesse sentido, o Benfica fica a perder. Acho que não será difícil substituir Maxi Pereira em termos de qualidade como jogador de futebol, mas a liderança em campo será mais difícil de encontrar igual. Mas não se pense que por o SLB perder o rival vai ganhar. O Maxi Pereira do FC Porto não será o Maxi Pereira do Glorioso. Quem não perceber isso não percebe nada de futebol. O Maxi Pereira do FC Porto será um Maxi Pereira que esteve 8 anos no principal inimigo e que aos 31 anos vai ganhar uma fortuna para substituir um dos melhores jogadores que a equipa azul tinha. Os adeptos portistas não terão para Maxi a empatia que tinham os benfiquistas. A experiência e conhecimento dos colegas que tinha no Benfica não será replicada no Porto. Por isso, haja esperança, é bem possível que tenha azar e as coisas lhe corram mal. Não desejo outra coisa mesmo. Que tudo lhe corra mal, tudo. A todos os níveis.

Alguns benfiquistas viram-se contra a Direcção por ter deixado chegar a situação a este ponto. Se o jogador se recusou a negociar antes, se fez questão de só negociar no final da época o que podia o SLB fazer? Eu tinha oferecido um contrato de 2 anos mais um de opção, a Direcção ofereceu três anos de contrato ao valor do tecto salarial do clube. Cumpriu o seu papel. Não quis pagar a Paco Casal? Gastamos dinheiro em tanta merda que, realmente, perder Maxi por causa disso não me parece lógico mas Maxi aceita sair do Benfica por causa disso? Os oito anos de Manto Sagrado representaram assim tão pouco para aceitar a chantagem do empresário? Olhe por onde olhar só vejo um culpado, Maxi Pereira.

Por mim morreste. Eras um gajo que eu dava como exemplo de alguém incapaz de fazer o que fizeste. Sim, ainda tenho essa ingenuidade de achar que há gajos decentes na bola e pensava que tu eras um deles mas afinal mostraste que és um merdas como tantos outros. Nesse sentido escolheste bem o clube para ires. Gajos como tu não cabem no Glorioso. O FC Porto é a tua cara. Nem sei se mereces os meus assobios quando fores à Luz.

Fonte: magicoslb.blogspot.pt

Adiciona um comentário