Noticias

Comunicado do Super Dragões foi para gozar com o Benfica na defesa do Benfica no E-toupeira

“Esse comunicado foi uma sátira, um comunicado que o clube do Paulo Gonçalves fez quando aconteceu o E-toupeira. É uma réplica desse comunicado, feito para gozar com eles”, confirmou Madureira à CMTV.

Expressões como “não teve conhecimento ou participação nos actos que são imputados” surge no texto de hoje dos SD mas também no documento a pedir a instrução, onde se lê “a Benfica SAD não teve conhecimento ou participação nos atos que são imputados a Paulo Gonçalves”. 

Também os termos “surpresa e perplexidade” foram utilizados pelos encarnados e hoje pelos Super Dragões, tal como a frase, em referência ao vídeo, “sejam as mesmas verdadeiras ou não (o que se desconhece, mas no que se quer crer)”.

Leia o comunicado dos SD na íntegra:

A Associação Super Dragões “não teve conhecimento ou participação nos actos que são imputados” a Fernando Madureira, que sempre “deu mostras de competência e integridade” no desempenho do seu papel de assessor para a administração da claque.

É, portanto, com “surpresa e perplexidade” que vemos as imagens que têm sido divulgadas pelos órgãos de comunicação social, “sejam as mesmas verdadeiras ou não (o que se desconhece, mas no que se quer crer)”, e obtidas de forma lícita ou não, com o consentimento dos envolvidos.

A Associação Super Dragões sente-se igualmente na necessidade de acrescentar que os actos que estão a ser assacados ao indivíduo Fernando Madureira “nada têm a ver com o prosseguimento do interesse e objecto da entidade colectiva”.

Reafirmamos, assim, a nossa “convicção e confiança” de que o Fernando Madureira “poderá demonstrar a licitude de todos os seus procedimentos e condutas”.

Adiciona um comentário