Noticias

Couceiro recorda desafio proposto a Paciência

O mercado de janeiro trouxe uma grande surpresa para os lados do Sado. Gonçalo Paciência, um dos grandes destaques da equipa do Vitória até aos finais de janeiro, foi chamado à casa de partida, no caso ao FC Porto, numa operação que deixou várias pessoas surpreendidas.

«Não, não contava que ele partisse. Nem eu nem ninguém do clube. Pelo contrário, pessoalmente acreditava que ele iria continuar a jogar e a evoluir connosco. A desilusão é maior porque há seis meses poucos acreditavam nele», relembrou José Couceiro, em entrevista ao jornal Record.
Apesar da perda do melhor marcador da equipa, o treinador do Vitória FC lembra que em Setúbal só podem estar felizes pelo concretizar do sonho do Gonçalo. E até recorda um desafio que chegou a propor ao avançado…

«Nada lhe falta para ser um jogador de topo. Já está lá em cima, é verdade, mas tem tudo para ser um avançado de nível internacional. Ele sabe que, quando entrou no Vitória, o meu desafio com ele foi simples. Disse-lhe com todas as letras: “Quero ir ver-te jogar a Moscovo no fim da época”. A chamada à Seleção e o jogo com os Estados Unidos deram credibilidade ao que estava em causa», afirmou.

«Feitas as contas, só estamos satisfeitos por ele, que regressa a casa e espera ser feliz. Todo o nosso grupo, sem exceção, vai ficar a torcer pelo seu êxito», sublinhou.

Fonte: https://www.zerozero.pt/news.php?id=214266


Adiciona um comentário