Crónicas

Crónica: “Só pode ser amor”


Adeptos FC Porto no Estádio do Dragão
Adeptos FC Porto no Estádio do Dragão

Domingo é dia de Benfica-Porto e o país vai parar! E muitos corações momentaneamente também!

O jogo será ás 17h logo os jornais das 20h vão abrir com noticias sobre o clássico, as redes sociais vão estar entupidas de picardias, nos cafés vai-se discutir muito e vai haver muita gente que nem vai querer jantar, de barriga cheia de felicidade ou frustração!

Quem for adepto da equipa derrotada não vai querer aturar mulher, filhos, amigos ou quem quer que seja! E quantos não vão pensar em faltar ao trabalho ou ás aulas no dia seguinte e simplesmente desaparecer na própria casa sem telefone, televisão ou internet! Já quem for adepto dos vencedores vai querer falar com todo o mundo!!

Antes do jogo, e não falo em horas mas sim dias, não se fala noutra coisa, todos avançam com possíveis resultados, todos sabem quem vai jogar e marcar, quem vai ser herói e vilão!

No dia do jogo, homem que é homem não fala em mulheres, carros ou motas, só de 22 indivíduos, que só conhecemos da televisão mas que falamos todos os dias como se andassem connosco na escola, que correm atrás de uma bola! Como se um golo ditasse o nosso futuro!

Defendemos a nossa religião, a nossa ideologia política, a nossa relação amorosa mas se alguém toca no nosso clube tornamo-nos irracionais e atacamos sem piedade!

Sejamos sinceros e realistas, se a vitória ou derrota da nossa equipa não nos trás fortuna nem nos leva á falência, não interfere, ou não devia, na nossa saúde, não nos faz progredir nem regredir nas nossas carreiras desportivas nem nos vale de nada nos exames escolares, não tem influência, ou não devia, nas nossas amizades ou na nossa vida amorosa, então porquê tanta excitação? Será que é uma necessidade? Será que é uma fuga aos problemas existentes nesses campos pessoais? Ou será que é amor? Há quem diga que o amor é inexplicável.

Amor ou necessidade? Sinceramente não sei responder, só sei que nunca mais é domingo!!

Pedro Silva

Adiciona um comentário