Noticias

Empresa de Luís Filipe Vieira notificada por falta de contas de 2016 e 2017

‘Expresso’ diz que a Promovalor II foi avisada sobre o início de um procedimento de dissolução e liquidação

A Promovalor II, empresa do ramo imobiliário detida por Luís Filipe Vieira, recebeu uma notificação da Conservatória do Registo Comercial de Loures sobre o início de um procedimento de dissolução e liquidação. A notícia foi avançada pelo ‘Expresso’.

O documento foi emitido a 14 de novembro e prende-se com não entrega dos resultados de 2016 e 2017 da Promovalor II. As últimas contas conhecidas datam de 2015 e referiam capitais próprios negativos de mais de 160 milhões de euros.

O ‘Expresso’ explicou ainda que o administrador Tiago Vieira, filho do presidente do Benfica, garantiu que a situação será regularizada dentro do prazo com a publicação das contas em falta e que esta ficou a dever-se a um atraso causado por um projeto no Brasil.

Fonte: record.pt


Adiciona um comentário