Noticias

Empresário de Casillas conta ao pormenor o que aconteceu

Carlo Cutropia, empresário de Iker Casillas – que se encontra no Porto – falou a uma programa de rádio de Espanha. ” É algo que se acontece em casa poderia ter consequências tremendas e imprevisíveis”

Como tudo aconteceu: “Iker [Casillas] estava a treinar, de forma intensa, e a meio do treino começou a sentir dores no peito, boca, braços… Rapidamente os médicos do Porto levaram-no para o hospital. Lá ele fez um cateterismo desbloquearam a coronária. E ele começou a ser, de novo, o Iker que conhecemos”.

Desmaio? “Não, ele nunca desmaiou. Mas não sabia o que lhe estava a acontecer. Ele não sabia que tinha um enfarte agudo do miocárdio. A recuperação tem sido fenomenal e o mais importante, devido à velocidade dos médicos no Porto, é que não há sequelas. Nunca tinha tido um sintoma antes. Ele faz uma vida saudável e calma”.

Teve sorte: “Teve toda a sorte do mundo. A chave aqui é que foi enquanto treinava. É algo que se acontece em casa poderia ter consequências tremendas e imprevisíveis”

Futuro imediato: “Três dias no hospital e depois tranquilidade. Passado esse este período de tempo estará em forma e dando-nos alegrias”

Tratamento: “Não, em princípio não há tratamento, mas um acompanhamento”.

Ele vai continuar a jogar: “Sabes como ele é. O Iker teria saído do hospital esta tarde. Ele é um lutador. Porque é que não voltaria a jogar? Mas, agora não é isso que importa. O importante é que ele está bem. Essa é a maior vitória da vida dele. Estou mais feliz do que quando ele ganhou o Mundial”

Apoio: “Estamos impressionados com o impacto e a afeição. Tem sido uma coisa… até provoca arrepios. Hoje ficou provado que as pessoas o amam. Foi incrível. Sei como é o Iker e se ele pudesse agradecia a todos, um a um”


Adiciona um comentário