Noticias

FC Porto B acaba com nove jogadores e com médio a brilhar na baliza

O FC Porto B empatou em casa com a Oliveirense, jogo da 22ª jornada da II Liga que a equipa azul e branca terminou com nove jogadores e com o médio Luizão a destacar-se na baliza…

O FC Porto B empatou (1-1) em casa com a Oliveirense, jogo da 22ª jornada da II Liga que a equipa azul e branca terminou com nove jogadores.

Os golos surgiram na segunda parte e os visitantes marcaram primeiro, aos 48 minutos, num cabeceamento colocado de João Graça, um médio formado nas escolas portistas, tendo o FC Porto empatado aos 76, por Madi Queta, com um remate cruzado.

A segunda parte começou com uma boa defesa de Fabiano para canto, a remate de Sérgio Ribeiro, e, na sequência, surgiu o golo apontado por João Graça, de cabeça, depois de um mau alívio da defesa portista.

Rui Barros tentou refrescar a sua equipa e, nesse sentido, aos 58 minutos, substituiu o apagado Gleison por Madi Queta e foi deste atacante o golo do empate, obtido com um remate cruzado, aos 76, no seguimento a uma transição rápida que apanhou a Oliveirense desprevenida.

O golo mexeu pouco com o jogo, mas a Oliveirense continuou um pouco melhor do que o FC Porto e, aos 84 minutos, beneficiou de uma situação clara de golo, num lance em que Fabiano saiu da sua área e intercetou um remate com as mãos, o que lhe valeu o cartão vermelho direto, numa altura em que sua equipa já havia esgotado as substituições.

O médio Luizão foi o eleito para render Fabiano e segundos depois enfrentou com os punhos um livre cobrado por Sério Ribeiro e assinalado pela falta cometida pelo guarda-redes portista.

A situação complicou-se ainda mais para os portistas quando Bruno Costa viu o segundo cartão amarelo e consequente vermelho, aos 90 minutos, deixando a sua equipa reduzida a nove jogadores.

Jogaram-se ainda cinco minutos, mas o FC Porto soube precaver-se e a Oliveirense já não foi a tempo de tirar partido da situação e desfazer a igualdade, que a deixa no 13.º posto, com 26 pontos, menos sete do que os dragões, sétimos.

Jogo no Estádio Municipal Dr. Jorge Sampaio, em Vila Nova de Gaia.

FC Porto B – Oliveirense, 1-1.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

0-1, João Graça, 48 minutos.

1-1, Madi Queta, 76.

FC Porto B: Fabiano, João Pedro, Diogo Queirós, Diogo Leite, Oleg, Estrela (João Mário, 62), Luizão, Romário Baró, Bruno Costa, Gleison (Madi Queta, 58) e Marius (Rui Costa, 82).

(Suplentes: Mouhamed Mbaye, Rui Pires, João Mário, Madi Queta, Rui Costa, Musa Yahaya e Kelechi).

Treinador: Rui Barros.

Oliveirense: Kadu, Diogo Sousa, Sérgio Silva, Mathaus, Ricardo Tavares, Oliveira (Moreno, 89), João Graça (Diogo Valente, 80), Diogo Clemente, Fati, Sérgio Ribeiro e Agdon (Bouldini, 46).

(Suplentes: Coelho, Alemão, Miguel Silva, Bouldini, Erick Moreno, Diogo Valente e Manuel Godinho e João Graça).

Treinador: Pedro Miguel.

Árbitro: Gustavo Correia (AF Porto)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Oliveira (17), Bruno Costa (46 e 90), Ricardo Tavares (52), Rui Costa (89) e Diogo Sousa (90+3). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Bruno Costa (90). Cartão vermelho direto para Fabiano (84).

Assistência: 414 espectadores.

Fonte: Ojogo.pt



Adiciona um comentário