Noticias

FC Porto com duro ataque ao Benfica: “Vieira julga ter o direito de escolher os árbitros”

FC Porto dirige críticas ao clube da Luz na newsletter Dragões Diário.

O encontro entre Benfica e FC Porto, da final-four da Taça da Liga, ainda faz correr muita tinta. O clube da Luz, derrotado por 3-1, deixou fortes críticas à arbitragem e esta quinta-feira os dragões dedicam boa parte da newsletter diária ao assunto, com fortes reparos a Luís Filipe Vieira.

“Nenhuma equipa gosta de perder, nenhuma equipa gosta de ser eliminada de uma competição, nenhuma equipa gosta de cair aos pés de um rival. Quando isso acontece – e, infeliz e inevitavelmente, isso também acontece por vezes com o FC Porto – há duas formas de lidar com o insucesso: olhar para dentro, identificar os problemas e procurar caminhos para resolvê-los; ou tentar virar o bico ao prego, disparar para fora e imputar aos outros as culpas próprias. Depois da derrota de terça-feira, o Benfica optou pelo segundo caminho. Por nós, tudo bem. Se o objetivo é discutir a arbitragem das meias-finais da Taça da Liga, também temos os nossos contributos”, começa por escrever o FC Porto na newsleter Dragões Diário, expondo depois sete pontos, num deles recordando uma entrevista de Vieira.

“Recuamos até 9 de novembro de 2017, dia em que Luís Filipe Vieira deu uma entrevista à BTV e partilhou um desgosto: ‘Fábio Veríssimo não apita o Benfica porquê?’ Na altura, Vieira clamava por Fábio Veríssimo. Anteontem, em Braga, procurou decretar o fim da carreira do árbitro de Leiria: ‘Esse homem não pode apitar mais!’ Nestes momentos, quando perde a cabeça, Vieira revela-se e expressa em público aquilo que habitualmente mantém mais reservado: trata-se de alguém que julga ter o direito de escolher os árbitros que dirigem jogos do Benfica e os que devem ser ostracizados. O objetivo é sempre o mesmo: condicionar, condicionar, condicionar”, acusa o FC Porto.

Fonte: Ojogo.pt



Adiciona um comentário