Noticias

FC Porto explica o que aconteceu com Bruma

A explicação foi dada esta quarta-feira no Porto Canal.

Quando tudo parecia bem encaminhado para que Bruma assinasse pelo FC Porto, uma proposta apresentada pelo PSV durante a última madrugada seduziu o jogador, que terá acertado um acordo de cinco anos de contrato com o clube holandês.

Depois da confirmação de que Bruma estava já, desde manhã, em Eindhoven, o empresário Cátio Baldé deu desde logo a sua versão dos factos: “Acabou por assumir o compromisso com o PSV depois de três semanas de várias negociações”, afirmou o empresário à rádio Antena 1. Baldé não quis entrar em “grandes pormenores” e acrescentou apenas que “isto é futebol” e que Bruma optou pelo emblema holandês “por razões várias”.

Nesta quarta-feira, no programa Mercado do Porto Canal, o FC Porto explicou que tudo começou num jogo da formação dos dragões no Olival, em que Cátio Baldé foi espectador. O empresário disse, na altura, que Bruma teria interesse em jogar nos azuis e brancos e as negociações começaram.

Na versão apresentada no programa Mercado, no Porto Canal, a proposta inicial seria na ordem dos oito milhões e o ordenado do jogador rondaria os 1,4 milhões de euros por ano. Houve depois um pré-acordo entre o agente e o FC Porto, mas tudo caiu dias mais tarde. O agente pediu um aumento da comissão pela transferência e o salário do jogador também subiu em relação ao inicialmente falado.

Fonte: Ojogo.pt


Adiciona um comentário