Noticias

FC Porto “só” tem de marcar duas vezes ao Feirense para dar a centena a Sérgio Conceição

Dragões faturaram mais nos últimos dois jogos (nove) do que nos seis anteriores (seis). Reencontro com a baliza fá-los sonhar com um registo histórico na Liga na era Conceição

Foi de forma furiosa que o FC Porto reagiu ao primeiro jogo em branco esta época (Benfica), que marcou o fim de um ciclo de pouca inspiração na hora de atirar à baliza. Os dragões apresentam-se revigorados, por terem marcado mais golos nos últimos dois jogos (nove) do que nos seis anteriores (seis), pelo que chegar aos cem na Liga em 42 jogos com Sérgio Conceição como treinador é um objetivo com que podem ambicionar já com o Feirense. Para lá chegar só precisam de faturar por duas vezes na receção à melhor defesa da prova, tal como fizeram nas duas vezes em que defrontaram os fogaceiros em 2017/18. Aboubakar e Felipe faturaram em Santa Maria da Feira, Brahimi e Sérgio Oliveira no Dragão. Contudo, só o brasileiro e o argelino deverão ser titulares desta vez.

Os 98 golos no campeonato da era Sérgio Conceição (à média de 2,39 por jogo) foram obtidos por um total de 17 jogadores, todos do FC Porto (o primeiro autogolo ainda está por aparecer). Marega foi o que mais contribuiu para o registo atual, com 22 remates certeiros na temporada transata e apenas um na atual. Aboubakar surge logo atrás do maliano, com 19, seguido de Brahimi, com 11 (dois assinados esta época).

Óliver foi, entre os que trabalham com Conceição desde o primeiro dia, o único que ainda não fez o gosto ao pé… ou à cabeça.

Destes 98 golos, 63 foram festejados como visitado e 35 como visitante. De resto, foi nesta condição que a equipa azul e branca contabilizou cinco dos seis jogos em branco com Conceição na Liga. O outro, no Dragão, surgiu com o Benfica, na mesma temporada em que marcaram por seis vezes ao Paços de Ferreira (6-1), registo que ainda hoje é o melhor do técnico na principal prova nacional.

Fonte: Ojogo.pt


Adiciona um comentário