Noticias

“Jovens no onze do FC Porto? Não há oportunidades, há qualidade”

Treinador-adjunto do FC Porto, Vítor Bruno, comentou o triunfo sobre o Bétis nas grandes penalidades, após o empate a um golo no tempo regulamentar, bem como a utilização de vários jovens no onze.

Bom trabalho realizado na pré-época e fadiga: “Estamos a trabalhar no caminho certo, numa altura em que carga é grande, grupo tem trabalhado bem. Há uma acumulação de fadiga que se nota em momentos de jogo mas é normal. É sempre bom ganhar, o FC Porto está habituado a ganhar e seja em pré-época ou no que for é sempre bom ganhar. Foi mais um momento de preparação de uma pré-época que já leva três semanas de trabalho. Trabalho intenso, carga acumulada. Aproveitamos todos os momentos para trabalhar o que temos feito em treino e que queremos ver aplicado em jogo”.

Jovens no onze inicial: “Não há oportunidades, há competência. Os miúdos têm qualidade, têm trabalhado muito bem, também pelo que têm feito na formação e é uma questão de timing até poderem dar o seu contributo”.

Bétis: “No futebol está tudo associado, mérito de uma equipa, demérito de outra. Foi um jogo dividido, equilibrado. O Bétis pela sua qualidade também nos obrigou a defender, mas temos trabalhado muito a organização defensiva e a equipa deu uma boa resposta. Condicionámos a espaços, na primeira parte momentos de grande qualidade, noutros momentos mais dividido, mas temos muito dados a nosso favor”.

Vitória nos penáltis: “É um bocado um estigma que foi criado em torno do FC Porto pelo passado recente que tivemos em que fomos menos bem sucedidos. Algum dia teríamos de ganhar, ganhámos hoje e vamos ganhar no futuro com certeza”.

Reforços: “Alguns vindos de um contexto diferente, habituados a comportamentos distintos dos que queremos e temos em Portugal, outros mais familiarizados. Mas têm-se adaptado, os mais velhos têm ajudado. Mas a resposta tem sido fantástica, todos estão com enorme vontade de dar títulos ao FC Porto”.

Fonte: Ojogo.pt


Adiciona um comentário