Jogadores

Layún vendido ao Villarreal

Miguel Layún é reforço do Villarreal a título definitivo. O mexicano, que esteve no Sevilha na última metade da temporada, por empréstimo do FC Porto, muda-se agora para o futebol espanhol numa operação que rende cerca de cinco milhões de euros aos azuis e brancos.

Trata-se de um processo que estava a ser gerido há várias semanas pelo representante do lateral, o jurista Raul Costa, e que, segundo o nosso jornal apurou, conhece agora fumo branco face ao acordo entre os dois clubes que deverá ser oficializado nas próximas horas.

Depois da hesitação dos andaluzes, que não fizeram prevalecer a opção de compra do passe que lhes dava privilégio sobre o jogador até dia 30 de Junho, a condução do dossiê permitiu um desfecho que leva Layún a subir degraus na liga espanhola, tendo deixado o 7.º classificado da última época para se comprometer com o 5.º classificado, tendo o Villarreal assegurado a entrada direta na fase de grupos da Liga Europa.

Apesar de Sérgio Conceição ter ligado ao jogador no sentido de saber da sua disponibilidade para integrar o plantel portista, garantindo confiar nas suas capacidades, o facto é que a SAD já estava a contar com este encaixe financeiro resultante de um ativo que estava vinculado contratualmente até 2020. Trata-se, desta forma, de uma solução agradável para todas as partes e que permite a Layún, que aos 30 anos ainda tem condições para render a um nível elevado (32 jogos e 4 golos em 2017/18), dar continuidade à boa imagem que deixou em Espanha e até durante o Mundial na Rússia (4 jogos pela tricolor), dado que no FC Porto não seria primeira opção para o treinador em qualquer das funções que pode desempenhar em campo.

Adiciona um comentário