Competições Declarações Imprensa Liga dos Campeões

Leipzig não treinou no Dragão e o treinador explica porquê

Ralph Hasenhüttl anteviu o jogo frente ao FC Porto, referente à quarta jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Surpreender no Dragão: “Temos a intenção de jogar melhor do que em Istambul. Queremos entrar melhor, perante um adversário que vai tentar de tudo para nos bater”.

Penúltimo treino na Alemanha e não no Dragão: “Ainda queríamos treinar alguns automatismos que eram importantes lá, queria também falar com os jogadores sobre o primeiro jogo com o FC Porto e ver a forma de alguns atletas como Naby Keita. Tudo isso era mais fácil fazer na Alemanha do que aqui”.

Esperam-se alterações na equipa?: “Todos os jogadores sabem o que se espera deles. No último jogo já fizemos algumas mudanças e amanhã volta a ser possível fazê-lo. Queremos é entrar bem e não focar apenas no jogo defensivo, mas também no ofensivo para conseguir um bom resultado”.

Um ponto frente ao FC Porto satisfaria o Leipzig?: “Temos de ter em conta o confronto direto, que é bastante importante para a classificação. Um ponto colocar-nos-ia em vantagem e não seria um mau resultado, mas vamos trabalhar para os três pontos. Queremos entrar melhor do que em Istambul, onde demos muitas oportunidades ao adversário e eles marcaram e venceram”.

Bruma joga em Portugal?: “O Bruma é importante, tem treinado bem e voltou contra o Bayern. Queria tê-lo metido mais cedo mas não foi possível. Tudo depende de como a equipa jogar. Depende também de quem jogará na frente, o que ainda não está decidido”.

Fonte: O Jogo

Adiciona um comentário