Noticias

Marega: selecionador do Mali disse sim ao pedido do FC Porto

Avançado do FC Porto vai ficar no Olival a recuperar os músculos.

Afinal são 15 e não 16 os internacionais que o FC Porto vai “emprestar” às seleções nesta paragem de outubro. Isto porque Marega, sabe O JOGO, foi dispensado, pelo selecionador Mohamed Magassouba, a pedido dos responsáveis portistas, do particular que o Mali vai disputar na África do Sul, no próximo dia 13.

Marega vai ficar no Olival nestas duas semanas sem competições internas para cumprir um plano de trabalho específico que lhe permita recuperar os índices físicos que mostrou nas últimas duas temporadas. Já em setembro, Marega tinha ficado de fora dos eleitos do Mali, também por solicitação dos dragões. Por se tratarem de jogos particulares, a Federação aceitou. Isto porque os jogos de apuramento para a Campeonato de África das Nações 2020 só podem ser disputados por atletas que jogam no campeonato local.

Marega até já leva quatro golos e uma assistência esta temporada, mas as exibições estão longe do fulgor de outros tempos. Ainda assim, refira-se, Sérgio Conceição não abdica do avançado, a quem só deu descanso no jogo da Taça da Liga, com o Santa Clara. Para procurar dar algum descanso e, ao mesmo tempo, recuperar os índices físicos, o FC Porto tem pedido dispensa do seu avançado. Marega esteve na última edição da CAN, na qual o Mali foi eliminado nos oitavos de final, mas entre preparação e presença na prova, o avançado só conseguiu ter duas semanas de férias. Isto depois de uma época em que jogou mais do que nunca: foram 47 jogos pelo FC Porto.

Marega apresentou-se a 27 de julho – dia do jogo de apresentação aos sócios, no Dragão – e pouco mais de uma semana depois já era titular contra o Krasnodar. Ou seja, a sua integração foi quase imediata e só possível por se tratar de um jogador com grande capacidade física, mas que, ainda assim, precisa de descanso.

Fonte: Ojogo.pt

Adiciona um comentário