Noticias

Militão destacado em Espanha: a “pechincha” que virou “escudo de Casillas”

Central brasileiro chegou ao FC Porto no último verão e agarrou a titularidade ao lado de Felipe.

Éder Militão chegou ao FC Porto no último verão e pegou de estaca no onze azul e branco. Depois de relegar Diogo Leite para o banco de suplentes, o ex-São Paulo agarrou a titularidade ao lado de Felipe, no eixo defensivo azul e branco, e as suas exibições já fazem eco em Espanha.

O jornal Marca dedica um artigo ao central brasileiro, de 20 anos, apelidando-o de “escudo de Casillas” e distinguindo o jogador como peça chave do rigor defensivo azul e branco (seis golos sofridos em 10 jornadas do campeonato).

O facto de ter arrebatado o prémio de melhor defesa do mês de setembro da I Liga e a nomeação para o galardão “Golden Boy” levam a Marca a destacar a “força” de Militão no “corpo a corpo” e o “jogo aéreo em ações defensivas e ofensivas”, recordando uma frase do central: “Gosto de ter a bola. Demonstro tranquilidade na hora de sair a jogar, algo que posso ter adquirido quando jogava a médio-defensivo”.

A publicação espanhola refere ainda que Éder Militão tratou-se de uma “pechincha” para o FC Porto:

“O São Paulo não pôde evitar a sua fuga quando faltavam seis meses para terminar o contrato e aceitou uma proposta de quatro milhões de euros. Com contrato até 2023, Militão está avaliado pelo Transfermarkt em 20 milhões de euros”, acrescenta a Marca.

Fonte: Ojogo.pt

Adiciona um comentário