Noticias

Pérola do FC Porto cada vez mais protagonista na seleção da Moldávia

Oleg Reabciuk voltou a ser titular no conjunto da Europa oriental no triunfo (1-0) sobre San Marino.

Depois de uma grande temporada ao serviço da equipa B do FC Porto, que despertou a cobiça de vários clubes portugueses e, especialmente, estrangeiros, Oleg Reabciuk permaneceu nos dragões, voltou a fixar-se no conjunto secundário dos azuis e brancos, com presenças assíduas nos trabalhos às ordens de Sérgio Conceição, e, ao mesmo tempo, foi ganhando cada vez mais protagonismo na seleção da Moldávia.

Esta quinta-feira, o lateral, de 20 anos, reforçou esse estatuto e voltou a ser titular na formação da Europa Oriental, no triunfo (1-0) sobre San Marino, em partida da quinta jornada do grupo 2, da Liga D, da Liga das Nações. Vitalie Damascan, do Torino, apontou o único golo.

Num sistema de três centrais, o jogador foi uma das apostas para o setor recuado, desempenhando funções bem diferentes daquelas que lhe são entregues na Invicta, onde surge preferencialmente no corredor esquerdo, e disputou os 90′ minutos.

Este foi o sexto jogo de Oleg pela seleção modalva, depois da estreia, a 27 de março, frente à Costa do Marfim – derrota por 2-1. O defesa, recorde-se, chegou a ter a possibilidade de jogar por Portugal, mas acabou por optar representar o país onde nasceu. No dia em que partiu para a primeira convocatória, o lateral portista concedeu uma entrevista exclusiva ao Desporto ao Minuto, no aeroporto, onde justificou a decisão.

“Como todos nós sabemos, a seleção portuguesa tem muito maior visibilidade e era mais por aí. Além disso, sentia que também merecia uma oportunidade. Mas, visto que não foi dada e aproveitando o facto de, ao contrário de muitos jogadores, ter dupla nacionalidade, encarei isto como uma sorte enorme”, explicou, à conversa com o nosso site, a 23 de março.

Visto como um dos jogadores com maior potencial na formação azul e branca, Oleg Reabciuk renovou contrato no passado mês de junho e está agora ligado ao FC Porto até 2021. Com esta vitória, a Moldávia reforçou o terceiro lugar, com oito pontos, menos três do que a Bielorrússia, que venceu (2-0) e ultrapassou o Luxemburgo, assumindo a liderança.

Fonte: noticiasaominuto.com

Adiciona um comentário