Noticias

Quase sete anos depois, Sérgio Conceição atingirá marca redonda

Quase sete anos depois da estreia, Conceição atingirá uma marca redonda na carreira. Campeonato e Supertaça são os títulos que apresenta no currículo. Vitórias já são quase o dobro das derrotas

Sérgio Conceição vai estar no banco de suplentes do FC Porto na receção ao Portimonense, marcada para sexta-feira (20h30). Isto porque o Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol aplicou-lhe apenas uma multa de 765 euros na sequência da expulsão, a terceira da temporada, no dérbi da Invicta. O treinador portista vai assim poder comandar a equipa naquele que será o 250.º jogo da sua carreira, iniciada em janeiro de 2012 ao serviço do Olhanense.

O mapa de castigos divulgado ontem explica que o CD considerou que a atitude do técnico do campeão nacional nos festejos do golo de Hernâni, aos 90″+5″, “provocou um confronto entre jogadores e elementos oficiais de ambas as equipas” e revela o que ele disse quando se dirigiu ao banco do Boavista. “O agente foi considerado expulso porque após a obtenção do golo da sua equipa, dirigiu-se ao banco da equipa visitada, festejou de forma efusiva com os punhos cerrados e gritou repetidamente: “Tomem, car…, tomem, car…” Com esta atitude, provocou um confronto entre jogadores e elementos oficiais de ambas as equipas”, pode ler-se no comunicado. Tendo esta sido a terceira expulsão da época – as outras ocorreram com o Aves e o Chaves -, existia a hipótese de suspensão, que não se veio a confirmar.

A receção ao Portimonense será especial para o técnico dos dragões, que, aos 44 anos, atinge uma marca redonda na carreira, quase sete anos depois da estreia num banco. O Marítimo-Olhanense, que perdeu por 2-1 (nos Barreiros), marcou o início de uma caminhada que tem como ponto mais alto a conquista do campeonato na época passada. Pelo meio, Sérgio Conceição passou por Académica, Braga, V. Guimarães e Nantes, de onde saiu em conflito com o presidente para se poder sentar na sua “cadeira de sonho” e quebrar a hegemonia do Benfica reconquistando o título nacional para o FC Porto.

Olhando para os números, constata-se que a passagem por Guimarães foi a menos positiva, com apenas oito triunfos em 31 jogos. Até no ano de estreia, no Olhanense, conseguiu uma percentagem ligeiramente superior de vitórias.

Voltando à expulsão, esta foi a quarta de Conceição enquanto treinador do FC Porto, a terceira da corrente temporada, mas ainda não foi obrigado a cumprir qualquer jogo de castigo. Contudo, as multas já chegam quase aos 2500 euros. Foram 383 euros em 2017/18 (Portimonense), mais 536 euros na Supertaça (Aves), já em agosto, 765 euros na Taça da Liga (Chaves) e outro tanto agora no dérbi da Invicta.

Fonte: Ojogo.pt

Adiciona um comentário