Arbitragem

Quatro árbitros da ‘lista dos padres’ processam FC Porto

Os quatro árbitros, Bruno Esteves, Manuel Mota, Nuno Almeida e Vasco Santos processaram o FC Porto devido ao “esquema de corrupção para favorecer o Benfica” desmascarado por Franciso J. Marques.

Esta notícia saiu hoje no jornal CM e o Baluarte Dragão deu eco disso mesmo hoje no twitter.

Resta agora saber o que irá acontecer, visto que estamos a falar de árbitros no activo e que podem interferir em decisões que afectam o FC Porto.

Adiciona um comentário