Noticias

SAD do FC Porto revela o custo total de Éder Militão

Dragões gastaram um total de 28,9 milhões de euros na contratação de jogadores no último verão

De acordo com o relatório e contas relativo ao primeiro semestre de 2018/19, o FC Porto gastou um total de 28,9 milhões de euros em reforços no mercado de verão: 24 milhões na aquisição de passes e 4,9 em encargos adicionais.

A compra de Éder Militão, que se encontrava na reta final do contrato com o São Paulo, revelou-se a mais dispendiosa, tendo atingido um valor total de 8,5 milhões (7 milhões pelo passe e 1,5 milhões de encargos). Já Mbemba, a segunda contratação mais cara, custou aos dragões 6,2 milhões (4,6 pelo passe e 1,5 de encargos).

Os negócios de Paulinho e Ewerton com o Portimonense envolveram sensivelmente cinco milhões de euros e o de Osório (ex-Tondela) 1,9 milhões.

Nota ainda para a compra do parte do passe de Marega que estava na posse do V. Guimarães (30 por cento) por 4,1 milhões de euros, a que, recorde-se, ainda se juntaram as mudanças definitivas de André André e Rafa Soares.



Adiciona um comentário