Noticias

Saiba o que diz a leitura Labial da briga entre Lopetegui e Jesus

Jorge Jesus e Lopetegui envolveram-se numa acesa discussão no final do clássico, que só não teve maiores consequências porque outras pessoas se meteram no meio.

Ora para tentar saber o que realmente foi dito, o Maisfutebol e a TVI recorreram à leitura labial, através do auxílio da Associação Portuguesa de Surdos.

Antes de mais é preciso dizer que é difícil fazer a leitura completa dos lábios, porque Lopetegui surge a maior parte do tempo de costas e Jorge Jesus é várias vezes tapado pelo próprio treinador basco do FC Porto.

No entanto é possível perceber que tudo tem a ver, precisamente, com a forma como Jorge Jesus se engana a dizer o nome de Lopetegui: pode recordá-las no vídeo associado.

Essa informação foi, de resto, avançada pelo programa Contragolpe, da TVI24, e confirmada agora pelo Maisfutebol.

A conversa começa assim com Lopetegui a falar ao ouvido de Jesus, sem que se perceba o que está a dizer o espanhol. O treinador do Benfica responde:

«- Hã?»

Lopetegui volta a falar-lhe ao ouvido e é possível perceber que diz «não me chames» a meio da frase. Jorge Jesus reage:

«- Lopetegui», como que a indicar que sabe o nome do adversário, e solta um sorriso aberto. O treinador do Benfica volta contudo a não pronunciar bem o nome do espanhol.

Nesta altura percebe-se que falavam do nome do técnico do FC Porto, e segundo foi possível saber, Jesus pensava que o colega estava a brincar. Mas Lopetegui não estava…

O treinador do FC Porto volta a dizer qualquer coisa ao ouvido e Jorge Jesus responde.

«- Está bem.»

Só nesta altura Jesus percebe que Lopetegui não está a brincar. Ainda assim acrescenta.

«-Nós também não.»

Lopetegui continua a falar e é então que Jorge Jesus agarra o espanhol pelo braço.

«- Desculpa lá, ó…», diz antes de ser tapado pela cabeça de Lopetegui nas imagens da Benfica TV. «Qual é…», pergunta, antes de voltar a ser tapado.

Até ao fim só se percebe que Jesus utiliza um palavrão e depois são separados. Pelo meio, no entanto, há muita coisa que Lopetegui disse e que o próprio treinador do Benfica não entendeu no meio daquela confusão.

Isto foi o que a leitura labial permitiu perceber. Para além disso, e segundo foi possível saber, não houve em qualquer momento ameaça física por parte de Lopetegui a Jorge Jesus. Houve sim um bate boca, que em alguns momentos ameaçou tornar-se mais violento, mas que terminou no calor do momento.

Jorge Jesus terá até apreciado a frontalidade de Lopetegui, que teve a coragem de partir para cima dele e tirar satisfações em pleno Estádio da Luz cheio. Por isso, e para o treinador do Benfica, o assunto está encerrado.

O FC Porto pretende também enterrar esta discussão rapidamente.

Aqui ficam as paginas do Record dedicadas ao assunto:
151

241

Adiciona um comentário