Noticias

Sérgio Conceição lança desafio a Pinto da Costa

Treinador do FC Porto volta a receber o Dragão de Ouro de Treinador do Ano.

Sentimento por receber o Dragão de Ouro: “É muito gratificante. Saí de Coimbra com 16 anos para vir para desta casa que me ajudou muito a formar como homem e como profissional. Cada prémio que recebo, são três, um como jogador e dois como treinador, tem a ver com aquilo que dou ao clube que tanto me diz e que tanto amo”.

Pinto da Costa desafiou-o a conquistar mais três Dragões de Ouro… “Sempre que ele [Pinto da Costa] quiser, a partir do momento que ele quiser e esteja aqui, eu estarei sempre com ele e ao lado dele”.

Mais agradecimentos: “A toda a estrutura, a todos os adeptos. É importante frisar os adeptos, todas as pessoas que estão privados de participar na festa, no jogo, no condimento principal num jogo, esse ambiente espetacular que fazem. Torno-me repetitivo, falo dos meus pais mas é o sentimento que tenho quando consigo conquistar coisas tão importantes como o caso deste Dragão. E a todas as pessoas que me ajudaram a conquistar este prémio, que é de todos nós”.

Prémios dos jogadores: “Sinto-me extremamente feliz, esse é o meu papel, fazer o máximo para os potenciar, melhorar, que possam chegar a um patamar mais elevado. Tem a ver com o sentimento desta casa. Podemos ter um talento grande, mas temos de ter outros atributos associados para termos sucesso. Faço questão de lhes dizer todos os dias. Temos tido esse talento associado a tantas outras coisas que ajudaram a conquistar prémios coletivos, que são os mais importantes”.

Lugar especial em casa? “Sempre. Por tudo o que é o FC Porto, há sempre um lugar especial em minha casa e no meu coração”.

Fonte: Ojogo.pt


Adiciona um comentário

Segue-nos no Facebook

Mais vistos