Noticias

ÚLTIMA HORA: UEFA arquiva processo contra FC Porto por alegado racismo

Organismo de disciplina não encontrou motivos nem factos para punir os dragões.

O Comité de Disciplina da UEFA decidiu arquivar o processo que moveu contra o FC Porto, por alegado comportamento racista de adeptos, no jogo frente aos Young Boys, a contar para a primeira eliminatória da Liga Europa, apurou O JOGO junto de fonte liga ao processo.

O processo foi aberto por denúncia de um jornalista suíço, que divulgou sons alegadamente provenientes da bancada onde se encontrava uma das claques portistas, no encontro da passada semana, que os portistas venceram por 2-1, no momento em que Jean-Pierre Nsam se preparava para marcar um penálti.

Em declarações tornadas públicas, Fernando Madureira, líder da claque Super Dragões, considerou o episódio um equívoco – “Sou conhecido como Macaco e pode ter sido alguém a chamar-me” – e desmentiu qualquer atitude racista, pessoal ou coletiva, afirmando que aquele combinado de adeptos “só tem uma cor, o azul”.

Fonte: Ojogo.pt


Adiciona um comentário