Noticias

Vitória do FC Porto foi justíssima e as provas estão aqui

Estatísticas mostram como os dragões foram superiores à formação italiana

O FC Porto deixou a Roma pelo caminho na Liga dos Campeões e, olhando para os dados do SofaScore recolhidos para o Maisfutebol a partir das estatísticas da Opta, os dragões foram superiores à formação italiana.

Os azuis e brancos tiveram 59 por cento de posse de bola, contra 41 por cento da Roma. Com mais bola, foram também mais os remates portistas do que romanos: 31 para o FC Porto, sendo que 15 foram à baliza, e 15 para a Roma, com apenas dois a seguirem em direção à baliza de Casillas.

Dos 31 remates do FC Porto, 19 foram dentro da área, enquanto que os outros 12 foram feitos fora da área. Também a Roma optou mais pelos remates de perto, com 11 na área e apenas quatro fora.

No que diz respeito a remates bloqueados, a Roma teve mais (seis) do que o FC Porto (cinco), mas os dragões conseguiram criar quatro grandes oportunidades, enquanto que os romanos tiveram apenas duas.

Os jogadores do FC Porto fizeram 589 passes durante o encontro, com 81 por cento (480) a serem acertados. Já a Roma teve apenas 69 por cento dos passes certos (277 dos 399).

Também foram os portistas que ganharam mais duelos (96 contra 75), mais disputas aéreas (37 para 27), fizeram mais desarmes (17 contra 11) e mais dribles (15 contra 10).

O FC Porto teve mais cantos (dez) do que a Roma (oito). Já os italianos tiveram mais foras de jogo (dois para um do FC Porto), mais faltas (20 contra 19) e mais cartões amarelos (cinco da Roma para quatro do FC Porto).



Adiciona um comentário