Noticias

W52-FC Porto: os planos em Espanha, uma nova viatura e um possível reforço

Azuis e brancos abrem época em Portugal mas querem êxitos também em Espanha

A W52-FC Porto procurou a vitória na prova de abertura, mas saiu de Aveiro com o vencedor da Volta a Portugal no hospital. Raúl Alarcón sofreu uma queda, ficando inconsciente por alguns segundos; por precaução, foi levado ao Centro Hospitalar Baixo Vouga, onde efetuou exames também ao ombro marcado pelo asfalto, que não revelaram nada grave. Também o homem da fuga, César Fonte, viu a sua estreia na equipa cair por terra ao ser abalroado por trás por uma moto da organização da prova. O diretor Nuno Ribeiro confirmou a O JOGO o seu estado atual: “O César está praticamente recuperado.”

LIGA DOS CAMPEÕES! OFERTA LIMITADA
50 Euros sem Risco para Apostares no FC Porto vs Liverpool! Regista-te AQUI neste link

Com a primeira competição finalizada, o grupo prepara-se para enfrentar as equipas WorldTour na Volta ao Algarve, onde em 2017 venceu no Malhão, com Amaro Antunes. Como em anos anteriores, todas as corridas são para ganhar, embora Nuno Ribeiro alerte: “O objetivo da equipa é procurar sempre a vitória, mas o principal é a Volta a Portugal.” Além das provas nacionais, também Espanha entra nos planos. “Esperamos estar nas provas que fizemos o ano passado”, confirmou, relembrando que os azuis e brancos estiveram no GP Miguel Indurain, Volta a La Rioja, Klasika Amorebieta, Volta a Castela e Leão, Volta a Madrid e Volta às Astúrias, da qual Alarcón saiu vencedor.

Nos planos da W52-FC Porto pode estar a aquisição de uma nova viatura. “Estamos a estudar o assunto, queremos melhorar as condições e se conseguirmos esse objetivo, melhor. Já o ano passado comprámos um autocarro e camião.” Quanto à possibilidade de contratar André Cardoso, que se encontra a aguardar uma decisão da UCI, Nuno Ribeiro atira: “Qualquer ciclista de nível interessa ao Porto, mas de momento não é assunto.”

Fonte: ojogo.pt

Adiciona um comentário